Investigação está na segunda fase e primeira etapa não encontrou falhas. Empresa divulga balanço do terceiro trimestre nesta quarta.

A administração da Via Varejo, que desde junho voltou a ser controlada pela família Klein, informou nesta quarta-feira (13) que recebeu denúncias sobre supostas irregularidades contábeis entre o fim de setembro e o início de outubro e que, depois disso, criou um comitê para investigar o caso.

O comunicado foi feito à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), órgão que regula o mercado de capitais no país. A Via Varejo é dona das lojas Casas Bahia e Ponto Frio.

Segundo a companhia, os trabalhos de investigação foram divididos em duas fases, sendo que a primeira já foi concluída e não confirmou as denúncias. A segunda fase se encontra em andamento e, até agora, não mostrou fatos novos.

Com isso, a Via Varejo concluiu preliminarmente que “não existem efeitos materiais” aos resultados do terceiro trimestre que serão divulgados nesta quarta, após o encerramento do pregão.

A empresa disse ainda que, assim que a segunda fase da investigação for concluída, o comitê responsável irá apresentar suas conclusões ao conselho de administração e que serão avaliadas eventuais medidas adicionais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui